PlugaJobs: administradora e contadora conduz canal online para recolocação profissional

PorRedação

26 mar 2021
Foto: divulgação

Projeto divulga vagas de emprego por meio de aplicativo de mensagens triada por área de atuação e região do país. Mais de 5.000 pessoas já conseguiram recolocação

Na era digital a forma de procurar emprego também mudou. Hoje, a procura por recolocação profissional acontece de forma online e o projeto social PlugaJobs é um canal gratuito disponibilizado em mais de cinco estados para divulgação de vagas de diversas áreas.

Criado em 2015, em Jacareí, no Vale do Paraíba, pela administradora e contadora Karla Clarinda, que atua como estrategista em recolocação profissional na região, o PlugaJobs conta com mais de 40 mil participantes e já proporcionou emprego a mais de 5.000 pessoas.

“O principal objetivo do projeto é facilitar a entrada e, principalmente, a recolocação ao mercado de trabalho. Ele surgiu quando fiquei desempregada. Me formei em Administração e Contabilidade e sempre trabalhei em empresas de grande porte. Aprendi com meu avô a ser solidária e a me preocupar com o outro. Na procura de uma vaga para me recolocar no mercado, utilizei muito o Linkedin para ter acessos as oportunidades. Lá, percebi a necessidade de tornar essas vagas acessíveis a mais pessoas”, conta Karla, idealizadora do projeto social.


O projeto deu certo e teve início através de grupos de WhatsApp formados por pessoas que estavam em busca de uma nova oportunidade. Karla divulgava as vagas das empresas que encontrava e os participantes tomavam ciência da vaga de emprego. O projeto foi crescendo e precisou ser automatizado.

“Contei com a ajuda do meu marido que hoje é meu sócio e trabalha comandando a parte de TI do projeto. Somos mais de 200 grupos no aplicativo de mensagens, onde as vagas de emprego são divulgadas triadas por área de atuação e região do país”, explica. Hoje o PlugaJobs atua em cinco regiões do país, como Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Pará.

Com o crescimento da atuação do projeto, além da automatização, surgiu a necessidade de procurar parceiros para sustentar toda a estrutura do PlugaJobs, que conta, atualmente, com dois funcionários e sede própria na cidade de Jacareí.

“Temos dois parceiros contribuintes, duas escolas de cursos de capacitação a Tax Solution e a Haus Treinamentos. Elas colaboram mensalmente com R$300 reais, os demais gastos ainda saem do meu bolso. A ideia é tornarmos o Plugajobs uma instituição, com CNPJ, para que consigamos atrair grandes empresas para a contribuição. Estamos nos trâmites”, esclarece a estrategista.

Em paralelamente ao trabalho social desenvolvido na Plugajobs, Karla Clarinda empreende também com a empresa Recolokey, que oferece recolocação no mercado de trabalho a candidatos que podem pagar pelo serviço.

Ainda com muitos planos a serem realizados, Karla Clarinda se define como uma empreendedora social. “Percebi que consigo mudar o meio em que vivo através do voluntariado. Sinto-me privilegiada por conseguir olhar para o próximo e fazer a diferença de forma positiva. Tudo isso vem sendo muito recompensador para a minha carreira profissional e pessoal”, finaliza.

Canal

Para ter acesso à plataforma, basta entrar no link: https://plugajobs.app/

*Com informações da Assessoria

Redação

Tem uma sugestão de pauta bacana sobre algo relacionado ao mundo do empreendedorismo feminino? Entre em contato conosco pelo e-mail omktdelas@gmail.com!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *