Especialistas em organização dão dicas de como se tornar mais produtiva

PorRedação

3 abr 2021
Imagem: divulgação

Kalinka Carvalho, especialista em organização e Roberta Andrade, personal organizer, ambas referências em seus segmentos, acreditam que ainda existe muita confusão quando se fala de produtividade.


Roberta Andrade, personal organizer (@roandradepo), logo de início já quebra dois mitos: para ser produtiva é preciso ter um bom planejamento anterior e acreditar que fazer duas coisas ao mesmo tempo é produtivo. Kalinka Carvalho, especialista em organização (@kalinkacarvalho), também compartilha do mesmo pensamento.

“Existe muita confusão do que diz respeito a produtividade. As pessoas acreditam que ser produtivo é fazer várias coisas ao mesmo tempo, mas isso é um engano. Ser produtivo é fazer coisas de qualidade, usando o mínimo de tempo e recursos necessários. Segundo pesquisas do IBGE, as mulheres trabalham cerca de 3,1 horas a mais que os homens, isso devido a nossa herança cultural, na qual mulheres trabalhavam em casa e os homens saiam para trabalhar . Isso já não é mais uma realidade, então as mulheres acabam tendo muito mais tarefas a serem realizadas do que os homens”, explica Kalinka.

É comum definir a pessoa multitarefa como aquela que está com as duas mãos ocupadas ao mesmo tempo. Porém, de acordo com Roberta, isso não funciona, já que a pessoa não consegue fazer nem uma coisa e nem outra, devidamente. Com planejamento, é possível combinar dois projetos ao mesmo tempo. “Você está fazendo um arroz e ele vai demorar 20 minutos para ficar pronto, se você tiver se planejado, nestes 20 minutos, você pode colocar a mesa, ferver o brócolis e lavar aquela loucinha que tá na pia”, exemplifica Roberta.

Procrastinação é inimiga da produtividade 

As especialistas explicam que, em geral, as pessoas tendem a deixar tudo para depois e por isso, acabam tendo que fazer duas coisas ao mesmo tempo. De um lado, fingem que estão sendo produtivas por estarem ocupadas, de outro, sabem que podiam estar mais folgadas se tivessem se planejado e feito uma das tarefas antes. Deixar para realizar as atividades para depois e ser obrigado a “multitarefar”, não é ser produtivo.

Afinal de contas, como faço para ser produtiva?

Segundo Roberta, a psicologia explica a procrastinação como uma dificuldade em definir prioridades a partir de elementos não emocionais, ou seja, é preciso aprender a definir uma tarefa por seu grau de importância e não pelo prazer que ela pode gerar. “Se precisa ser feito, faça! Simples assim. Deixar para depois ou não planejar antecipadamente são opostos à ser produtivo”, diz.

Kalinka  também acredita que para ser uma pessoa produtiva é preciso  conhecer muito bem suas prioridades, para que assim foque naquilo que é importante. “Uma dica para ser produtivo é saber o que é realmente é importante para você. Quando sabemos o que nos faz bem, o que é fundamental em nossas vidas, fica fácil ser produtiva”, finaliza a especialista em organização.

Com informações da Assessoria

Redação

Tem uma sugestão de pauta bacana sobre algo relacionado ao mundo do empreendedorismo feminino? Entre em contato conosco pelo e-mail omktdelas@gmail.com!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *