Cooperativismo: Projeto ‘Brasileira’ destaca histórias reais de mulheres inspiradoras

PorRedação

17 mar 2021

‘Brasileira’ apresenta vozes de mulheres com diferentes histórias e gerações do setor cooperativista Apresentado no formato de revista online e física, projeto tem apoio da Sicoob UniCentro Brasileira e terá abrangência nacional 


O projeto Brasileira na plataforma https://www.projetobrasileira.com/ foi lançado no dia 8 de março e encabeçado por uma equipe de mulheres com forte atuação no setor cooperativista. O projeto tem apoio da Sicoob UniCentro Brasileira, uma das maiores cooperativas do sistema Sicoob, com mais de 40 mil cooperados no Distrito Federal, Goiás, São Paulo e Tocantins. 

“Queremos ressaltar o avanço e as conquistas das mulheres no mercado de trabalho por meio de figuras inspiradoras e autenticamente brasileiras”, analisa Josiane Vincentim, comunicóloga que contribuiu para o projeto. “Nós, que convivemos com tantas mulheres de força, queremos cooperar com o mundo levando essas histórias reais, atuais e empoderadoras mais longe e inspirando a colaboração”, completa. 

Pautada em temas latentes do mundo contemporâneo da era digital, maternidade, saúde feminina a finanças e empreendedorismo, Brasileira apresenta perfis de dez mulheres. São histórias como a de Ruth Moreira, mãe da cantora Marília Mendonça e de João Gustavo, que perdeu a mãe com um ano de idade, cresceu em um orfanato e aos 16 já se sustentava sozinha e com muita dificuldade.

Gestação de coração conta a história da administradora Valéria Figueiredo que passou 11 anos na fila de espera da adoção. Para além do relato de superação, o conteúdo abre espaço para discussões e reflexões sobre o complexo processo de adoção.

Thais Ribari, mestre em Psicologia, especialista em Gestalt-terapia que atua com adultos, casais e famílias divide sua experiência na pandemia e mostra como a psicoterapia reforçou sua função junto à sociedade. Daniela Neder, hoje dentista requisitada por celebridades como a cantora Marília Mendonça, divide sua trajetória enquanto empreendedora. Cresceu em um ambiente simples, na fazenda, e já criança, em um tempo em que não se falava em “empreendedorismo” – buscava oportunidades de negócios para sua família, chegando até a vender galinhas na feira quando era pequena. 

No campo do cooperativismo, Luciana Bernardes, Gestora de desenvolvimento de negócios da Sicoob UniCentro Brasileira, que ingressou no cooperativismo aos 17 anos e hoje ocupa lugar de destaque na instituição. Bernardes, inclusive, é idealizadora do Espaço Uni, voltado ao relacionamento de clientes premium. 
“São essas mulheres que gostaríamos de ver nas capas das revistas femininas. São relatos, entrevistas e cases de grandes mulheres do cooperativismo que ajudam mais mulheres a enxergarem caminhos possíveis diante de obstáculos e que dá ainda mais visibilidade para as narrativas daquelas que tanto lutam para alcançar seus objetivos”, finaliza Cristiane Nogueira, comunicóloga e empreendedora.

Fonte: Assessoria

Redação

Tem uma sugestão de pauta bacana sobre algo relacionado ao mundo do empreendedorismo feminino? Entre em contato conosco pelo e-mail omktdelas@gmail.com!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *